Mulheres e cabelos

Desde que voltei das minhas longas férias tenho pensado em alguma mudança para fazer no cabelo. Não sei se vocês todas são assim mas enjoo relativamente rápido do estilo do meu cabelo. Não sou dessas que está sempre mudando cor, corte, etc mas tenho pensado mais frequentemente em arriscar mais com ele…

Uma das melhores coisas de viajar é respirar novos ares, de uma cultura que não é a sua (eu viajei para os Estados Unidos mas rodei um tanto bom, entre Boston, NY e California) e ver como as pessoas vivem seu dia-a-dia. Uma coisa que sempre me impressiona fora do Brasil é o quanto mulheres e homens são mais livres quando se trata de seus cabelos – e de todo o resto!

Sempre vemos cabelos coloridos, com cortes diferentes, muita coisa “estranha” pra gente que vive em uma cultura tão tradicional. E isso me faz questionar se vale a pena sermos tão tradicionais…

Cada vez mais tenho concluido que não. Por que quando fazemos qualquer mudança um pouco mais ousada nos cabelos somos tão julgados(as)? Querendo ou não, o que todo mundo espera de cabelos (das mulhere) no Brasil é um cabelo de tamanho médio pra longo, liso ou levemente ondulado, loiros, castanhos ou pretos.

Ai você resolve cortar mais curto, ou pintar de uma cor mais ousada e, mesmo que não explicitamente, as pessoas te olham torto e não vêm a mudança de forma muito positiva. Acho isso tããão chato! Ao invés de acharem legal a sua “coragem”, ou ao menos original, as pessoas acham que você não se encaixa no que é “esperado”. Triste, né?

Bom, depois desse desabafo básico, vou falar sobre o que realmente queria falar nesse post! Hahaha  Acho legal, antes de cortar o cabelo, saber um pouco sobre o que favorece mais cada tipo de rosto ou mesmo de cabelo, caso seu objetivo seja o de fazer um corte que te valorize!

Caso seu objetivo seja ser você mesma, sem se importar com esse tipo de “regra”, vá em frente e seja feliz!! Mas pra quem está buscando dicas sobre como cortar as madeixas na próximas idas ao cabeleireiro, aqui vão algumas:

montagem Mulheres e cabelos

1) As baixinhas, mais mignon, devem privilegiar cortes mais curtos ou até pouca coisa abaixo dos ombros, já que fios longos tendem a achatar ainda mais;

2) Cortes desfiados e mais compridos nas laterais ajudam a disfarçar orelhas grandes;

3) Para rostos mais compridos, cortes curtos e na nuca ajudam bem;

4) Quem opta pelo corte curto e reto deve renovar o corte mensalmente para manter o estilo;

5) Evite ficar muito tempo sem cortar os cabelos, pois quanto mais velhos os fios, mais frágeis;

6) Quem tem pescoço longo e maxilar definido deve preferir cortes que terminem logo abaixo do queixo;

7) Para cabelos muito finos (meu caso!) , o melhor corte é em camadas e com franja repicada;

8) Quem tem cabelos crespos deve preferir o formato arredondado no corte. Se além de crespo o cabelo for curto, não é recomendável ter volume no alto da cabeça;

9) O melhor comprimento para cabelos lisos é o volumoso e médio ( é o meu preferido);

10) Para dar estilo e leveza a cabelos ondulados e cheios, uma leve picotada nas pontas é ótimo;

Para finalizar…

Cortar os cabelos não os faz crescer, mas dá sim força aos fios e elimina as pontas duplas, o que é sempre bom! O melhor é manter o corte a cada dois meses.

Espero que o post tenha sido útil!

Um beijo,

Sofia

 

 

Imagens: Pinterest

O que você achou desse post?
  • Ótimo (0)
  • Interessante (0)
  • Útil (0)
  • Poderia ter mais informações (0)
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Newsletter

Curtiu nosso conteúdo e quer ficar por dentro de tudo o que acontece por aqui? Assine nossa newsletter pra receber, uma vez por semana, o resumo das coisas mais incríveis que encontramos!

3 Comentários

  1. Que lindaaa!!! To esperando meu cabelo dar uma crescidinha p eu dar um corte nele! Acho que vou no cabeleireiro que vc costuma cortar, sempre fica tãooo bonitooo hahahha beijinhos! To amando seu blog. <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *