O futuro das marcas de beleza

Caitlyn Jenner

Caitlyn Jenner e sua campanha para a MAC, provando o quanto a diversidade e a “vida real” estão dominando o mercado da beleza

Campanhas de produtos de beleza são conhecidas por serem sempre muito glamurosas, elegantes, e, às vezes, vamos falar francamente, meio forçadas, né? Aquela imagem de poder de atrizes como Charlize Theron toda em dourado, caminhando por um palácio, tudo pra vender um perfume, é bem pretenciosa e um pouco too much, na minha opinião. Concordam?

A verdade é que a forma de se comunicar das marcas de beleza tem mudado consideravelmente de uns tempos pra cá, e isso só confirma a direção para qual as pessoas estão caminhando. Por causa das redes sociais, esse distanciamento entre a consumidora e a “personagem” da propaganda já não causa mais o mesmo impacto nas vendas, e as pessoas querem cada vez mais estar próximas da realidade, do atingível e do reconhecível por elas. Só resta às marcas se adaptarem a essa nova realidade, né? E isso é ótimo!

Um exemplo desse movimento é o da marca americana Beauty and Pin-Ups, que elegeu Katie Meade, uma mulher com síndrome de Down, como garota propaganda do seu último lançamento, uma máscara capilar chamada Fearless. A opção de escolher uma mulher com uma história tão particular e um currículo cheio de coragem e força é uma ótima maneira de conquistar os olhos das consumidoras e chamar a atenção delas para questões mais importantes que o próprio produto. Essa estratégia acaba criando muito mais engajamento e interesse nas clientes, elevando a importância da marca na cabeça delas! Interessante, né?

Katie Meade

Katie na campanha da Beauty and Pin-Ups

Tem gente que acha até meio desleal explorar assuntos mais “vida real” nas marcas só pra chamar a atenção dos consumidores, mas essa é mesmo a realidade. E acho que enquanto essas campanhas vierem falando de assuntos relevantes, levantando questões legais e causando interesse por isso, todo mundo sai ganhando. E na corrida das marcas, vence quem souber chegar mais perto do coração das consumidoras, de forma mais genuína e sincera. Quem trabalha com marketing ou sabe um pouco de como funciona esse universo, sabe que tocar o coração das pessoas é o objetivo maior hoje em dia, já que o consumo é guiado principalmente pelo emocional.

E o quanto é legal as pessoas estarem buscando cada vez mais serem elas mesmas, se engajando cada vez mais em questões mais reais e valorizando menos o glamour montado das antigas campanhas de beleza? Essa mudança já é observada pra todo lado e o mundo só tem a ganhar com essa nova realidade!

 

O que você achou desse post?
  • Ótimo (0)
  • Interessante (0)
  • Útil (0)
  • Poderia ter mais informações (0)
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Newsletter

Curtiu nosso conteúdo e quer ficar por dentro de tudo o que acontece por aqui? Assine nossa newsletter pra receber, uma vez por semana, o resumo das coisas mais incríveis que encontramos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *